Sistema de atividades furtivas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sistema de atividades furtivas

Mensagem por The Whore em Dom Mar 25, 2018 3:57 pm

Sistema de atividades furtivas
As atividades ilícitas são ações criminosas ou discretas, que normalmente geram punições para qualquer um envolvido com ela que seja apanhado. Podem ser feitas usando o sistema de RPs ou o de quests, e é necessário que o jogador descreva detalhadamente o que deseja fazer, para que um narrador possa julgar e dar o resultado a depender dos fatores de avaliação. Vale ressaltar que conflitos e dificuldades serão criados, e que caso o jogador seja apanhado, ele sofrerá alguma das punições descritas.


Espionagem

A espionagem possui o objetivo de dar ao personagem informações, e terá como base o sistema de Fama para seu funcionamento. Ela pode ocorrer de maneira direta - ou seja, com um espião diretamente atrás de alguma informação, podendo vendê-la ou trocá-la -, ou indireta - alguém de poder que recebe as informações de um espião que adquiriu tais informações. A espionagem direta funcionará por meio de posts em RPs abertas, onde o espião pode coletar as informações de maneira furtiva ou descobri-las de outra maneira (lembrando que podem haver punições a depender dos métodos). Já a informação indireta levará em conta a fama do personagem para dizer ao que exatamente ele tem acesso, seguindo a seguinte base:

Níveis 1-10: Informações a respeito de uma única pessoa com cargo até Poderoso
Níveis 11-20: Informações a respeito de uma vila ou bairro, em alguma cidade (ex: Baixada das Pulgas, em Porto Real / Porto Roxo, em Braavos)
Níveis 21-30: Informações a respeito de uma cidade (ex: Pentos/Ilha de Ursos)
Níveis 31-40: Informações a respeito de um país/reino (ex: Campina / noroeste de Essos)
Níveis 41-50: Informações sobre grande parte de um continente (até metade de Essos/dois terços de Westeros)
Níveis 51-60: Informações sobre todo um continente (ex: Westeros / Essos)
Níveis 61-70: Informações sobre todo o mundo

Ou seja, a pessoa que atinge tal nível de fama pode escolher qual região deseja espionar, podendo assim obter qualquer informação ABERTA da região abrangida por tal fama. Entende-se por informação aberta aquelas que sejam passadas por corvos ou em locais abertos/com quantidade relevante de pessoas. Ou seja, apenas informações sobre as quais alguém além dos envolvidos possa ter acesso. Informações passadas em RPs fechadas, que envolvam apenas os envolvidos, não poderão ser obtidas usando a fama. No entanto, personagens que possuam poderes de visão/premonição, como os Wargs, Videntes Verdes, Maegi e Sacerdotes Vermelhos têm direito a acessar UMA, e apenas UMA informação fechada por mês off, devendo narrar detalhadamente a premonição para obtê-la. O mestre dos sussurros e o chefe de espionagem da Companhia Dourada recebem automaticamente as informações abertas de todo o continente(Westeros para o Mestre e Essos para o Chefe da Companhia), como um extra(além da fama). Porém, caso perca o cargo, perderá também toda essa rede extra de espiões, ficando apenas com as de fama.


Roubos e Furtos

Primeiramente, a diferenciação: o roubo ocorre quando algo é retirado diretamente da pessoa, ou com seu conhecimento. Já o furto ocorre de maneira furtiva e discreta, sem que a pessoa furtada perceba que algo foi levada dela. Itens e afins podem ser roubados ou furtados de NPCs, players inativos, players ativos e cannons, havendo diferenciações no modo de ação de cada um deles e são duas as habilidades chaves para que algo ou alguém seja roubado: ladinagem e furtividade. O roubo pode ser executado em RPs, ou pode ser solicitada uma missão para roubar alguém, caso o alvo seja um player ou personagem existente no fórum. NPCs inexistentes no fórum podem ser roubados por DiY. No caso de NPCs existentes, a missão pode ser uma OP ou superior. Para players inativos, uma missão narrada de nível fácil. Players ativos com cargos até Poderosos podem ser roubados com uma missão mediana, seguida de um encontro com o personagem, onde o roubo pode ou não ser bem sucedida. Para cargos supremos ou cannons, a missão é difícil.

A quest terá o objetivo de se aproximar do alvo, obter informações e afins, e então, ao seu fim, o ladrão se encontrará com tal alvo, onde poderá ou não ser bem sucedido em seu roubo e receber os itens e pertences do alvo. Isso apenas acontece com players ativos. Inativos são automaticamente roubados ao término da missão, que também deve conter o desafio do roubo. A narração será baseada na furtividade e agilidade do personagem, além de outras habilidades que possam ser úteis, contra a habilidade de percepção e inteligência do alvo. Para que uma aproximação furtiva dê certo, será lançado um d20 por ambos os personagens envolvidos, ao qual serão adicionados os pontos de atributos e habilidades envolvidos(Inteligência e Percepção pro alvo, Agilidade e Furtividade pro ladrão), e o de maior valor será o bem sucedido no roubo.

Itens também podem ser furtados, sem o conhecimento do alvo. Para isto, deve ser sempre solicitada uma missão, cuja dificuldade e desafios serão decididos a partir da raridade e poder do item. Itens mágicos e espadas valirianas só podem ser furtados por alguém que possua furtividade e ladinagem no nível 10. A punição para ladrões costuma ser perder a mão dominante ou se juntar à patrulha da noite, mas podem haver outras.Em caso de roubo de dinheiro, a seguinte quantidade pode ser recebida por cada roubo bem sucedido(vale ressaltar que a quantidade depende do alvo e do narrador):

NPCs Inexistentes - Até 2 Dragões de Ouro
NPCs Existentes - Até 4 Dragões de Ouro
Players - Até metade do dinheiro que a pessoa possui na ficha(dependendo de como o roubo for executado)


Saque Pirata

Piratas podem saquear a vilarejos e outros navios, pilhando uma grande quantidade de dinheiro e recursos, por vezes até mesmo mulheres (como os nascidos do ferro e suas esposas de sal). Um saque ocorre na forma de uma quest que pode ser solo ou com a participação de várias pessoas, como o capitão e seus tripulantes ou algo desse tipo, no caso de uma quest narrada. A quantidade de dinheiro e outros recursos que podem ser adquiridos dependerá da riqueza da vila saqueada, o que também influenciará na dificuldade da quest. Atualmente não existe sistema de batalhas navais, portanto apenas vilas podem ser saqueadas. Existem riscos de morte em saques, especialmente os difíceis, por isso a elevada recompensa. Itens e outras coisas também podem ser saqueados, a depender da qualidade da missão, mas isso dependerá exclusivamente do narrador. As recompensas são:

Saques em DiY/OP: Até 20 Dragões para Capitão/10 para tripulante
Saques em Narradas Fáceis: Até 30 Dragões para Capitão/15 para tripulante
Saques em Narradas Medianas: Até 50 Dragões para Capitão/25 para tripulante
Saques em Narradas Difíceis: Até 100 Dragões para Capitão/50 para tripulante


Sequestro

Um sequestro ocorre quando alguém é capturado por outra pessoa, podendo ser mantido em cativeiro, morto, abusado, entre outras coisas. Pode acontecer tanto em RPs quanto em uma aproximação forçada que funciona da seguinte maneira: primeiro a pessoa deve fazer uma quest mediana ou difícil, a depender de quem será a pessoa sequestrada. Se bem sucedida na missão, ela receberá uma chance de se aproximar do alvo, podendo invadir uma de suas RPs ou sendo criada uma situação em on que permita uma chance de sequestro. Uma aproximação furtiva, assim como no caso dos roubos, contará um d20 + Inteligência + Percepção do alvo contra um d20 + Furtividade + Agilidade do sequestrador. Vale lembrar que é bom ter um meio de atordoar ou prender o alvo para que um sequestro seja bem sucedido. Caso o sequestrador obtenha êxito, o personagem será seu prisioneiro. O sequestro é punido com morte ou ida para a muralha. Se houver estupro, o sequestrador é castrado antes de vestir o preto.


Assassinato

O assassinato de um jogador sempre será precedido por uma missão narrada difícil com o objetivo de reunir informações, aproximar-se do alvo ou criar a situação ideal para o assassinato. A missão terá riscos, mas se for bem sucedida colocará o assassino frente a frente(não literalmente, depende do modo de assassinato) com seu alvo, seja em uma invasão de RP ou em uma situação criada para este objetivo. Um assassinato pode ocorrer em RPs caso estas sejam abertas ou caso o assassino já esteja postando com o alvo, porém existem grandes chances de que isso resulte em uma PvP. As diferentes formas de assassinatos gerarão diferentes situações para o assassino e seu alvo. Algumas delas estarão especificadas abaixo, mas, caso não estejam, ficarão sob responsabilidade do narrador. A punição para assassinatos é a execução.

Assassinato furtivo - um assassinato furtivo ocorre quando o assassino ataca o alvo sem ser notado por ele, dispensando processos como a obtenção de confiança. Porém, é o método de assassinato mais arriscado, pois o assassino pode ser percebido caso o alvo seja bem sucedido em um teste de percepção(d20 + Inteligência + Percepção x d20 + Furtividade + Agilidade). Caso o assassino consiga ser bem sucedido na missão que gerará a situação de assassinato furtivo, e também consiga vencer o teste, ele terá direito a um, e apenas um ataque surpresa, descrito no Sistema de Combate Singular.

Assassinato por envenenamento - um método mais difícil e que exige mais preparo, porém tem menos chances de falhar. Caso o assasino seja bem sucedido em sua missão, uma situação favorável ao envenenamento do alvo será criada, de modo que ele possuirá um bônus(que será definido pelo narrador) em sua intriga contra o alvo a ser envenenado.

The Whore
avatar
Mensagens :
75

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum